(51) 3081 6400
Chat de
Atendimento
LiveZilla Live Help
LiveZilla Live Chat Software

DESCUPINIZAÇÃO

A revoada dos cupins está relacionada com fatores como calor e alta umidade do ar. Por isso, é comum haver revoadas durante a primavera e o verão. Elas ocorrem geralmente no final da tarde e à noite, quando os cupins alados são atraídos por fontes de luz artificial. Assim, é comum, em dias quentes e úmidos, que nossas casas se encham de aleluias, quando o sol se põe e deixamos as luzes acesas.

Cupim de solo

Os cupins de solo são aqueles que estabelecem colônias nos solo, vivendo às custas de madeira enterrada ou de árvores.

A partir do ninho, podem invadir os edifícios, construindo túneis nos seus componentes construtivos, como pisos, paredes, lajes etc, e atacar madeira e outros materiais celulósicos que permanecem em contato com a alvenaria.

Também podem estabelecer o ninho diretamente no interior dos componentes do edifício, sem contato com o solo, onde atacam a madeira lá encontrada e posteriormente estendem o ataque até atingirem os armários embutidos, molduras de portas, rodapés etc.

Cupim de madeira seca

Os cupins de madeira seca se estabelecem diretamente no interior da madeira, não necessitando do contato com o solo ou com umidade, já que estão adaptados para sobreviver do alimento seco, sem fonte suplementar de umidade.

Atacam móveis e componentes do edifício, como forros, lambris etc.

Cupim ataca só madeira

Os cupins que infestam casas e edifícios se alimentam, basicamente, de madeira (além dos cupins, existem as brocas de madeira, que também podem causar estragos nesse tipo de material.), mas não dispensam outros matériais celulósicos, como papel e papelão, tecidos, lã, couro e borracha.

Os cupins de madeira seca, além de madeira, podem causar danos em livros, sapatos, malas, roupas, cobertores,documentos, especialmente quando estes permanecem sem manuseio por longo tempo.

Já os cupins de solo são capazes de perfurar ou produzir estragos em muitos outros materiais que estejam entre a colônia e seu alimento principal que é a madeira. Assim, atacam pisos, paredes, lajes impermeabilizadas e podem até desgastar o concreto, aproveitando-se das fissuras e falhas já existentes entre o concreto e os demais componentes do edifício, como os conduítes e dutos hidráulicos.

Rua Osvaldo Aranha, 90 - Centro - São Leopoldo Cep 93.0100-40 - Fone: 51 3081 6400